CuriosidadeMundo BizarroConheça o museu mais nojento do mundo

Conheça o museu mais nojento do mundo

Img Mobile - Conheça o museu mais nojento do mundo

Um museu localizado em Malmo, na Suécia, tem como temática as comidas mais nojentas do mundo. As mostras são tão repugnantes que muitos visitantes costumam vomitar durante o passeio.



O museu é considerado impróprio para quem tem um estômago sensível. O chamado Museu da Comida Nojenta (Disgusting Food Museum) apresenta alguns pratos asquerosos que os visitantes podem cheirar e até provar, caso eles queiram. O museu tem pratos de vários países e de todos os continentes, da Europa até a Ásia.

Entre os pratos expostos estão embriões de pato cozidos, queijos com larvas, tubarão podre, vinho de ratos, entre outras coisas nojentas. O site do Museu da Comida Nojenta diz que existem diversos alimentos curiosos no mundo, comidas exóticas e facilmente rejeitadas pelo público.

Ovos centenários
Ovos centenários - Crédito da imagem: Disgusting food museum

Cabeça de Coelho apimentada
Cabeça de coelho apimentado - Crédito da imagem: Disgusting food museum

vinho de rato
Vinho de rato - Crédito da imagem: Disgusting food museum

Apesar de serem comidas nojentas, os pratos apresentados pelo museu também são bastante fascinantes por conta de seu perfil inusitado. São alimentos pouco familiares, vindos de diferentes culturas mundiais.

A proposta do museu é justamente despertar o nojo nos visitantes, uma emoção humana de fundamental importância, pois dá ao homem o conhecimento e o discernimento sobre o que é bom e o que é ruim para a saúde. Além disso, o nojo nos ajuda a entender quando um alimento está fora do prazo de validade ou inadequado para o consumo.

O nojo é uma emoção é universal, e pode ser despertado no museu dos alimentos mais repugnantes do mundo. O Museu da Comida Nojenta desafia seus visitantes a explorarem o universo dos alimentos estranhos, testando suas noções sobre o que é ou não é comestível.

Ao todo, o museu tem 80 comidas em exibição. Os visitantes que forem mais corajosos e aventureiros podem ter a experiência de cheirar e comer esses alimentos. Entre as iguarias que também estão expostas, é possível citar: a coalhada de feijão pungente da China e a fruta infame fedorenta da Tailândia.

A ideia de abrir o museu partiu do Dr. Samuel West. O principal objetivo é que a atração seja divertida, interessante e interativa. O museu tem realmente muitas coisas repugnantes, como, por exemplo, o pênis de touro cru, prato apreciado na China; e o queijo mais fedido do mundo.

pênis de touro
Pênis de touro - Crédito da imagem: Disgusting food museum

O idealizador do museu é americano, mas se mudou para a Suécia quando tinha apenas 21 anos. Ele obteve o título de doutorado em psicologia no país.

O Museu da Comida Nojenta abre de quarta a domingo, do meio-dia às 18h. O museu fica no endereço Carlsgatan 12, 211 20 Malmö, na Suécia.

Os adultos pagam para visitar o museu, mas, para cada adulto pagante, podem entrar até três crianças gratuitamente. Quem quiser saber mais sobre essa atração, pode visitar o site oficial do Disgusting Food Museum.

Curiosidade Museu Nojento


Veja também:

20 comidas estranhas para comer antes de morrer

Por que estímulos visuais nojentos provocam vômito?



+ Sobre essa Curiosidade: Vômito Comida Turismo Suécia