CuriosidadeCiênciasPessoas adeptas do sexo casual também desejam intimidade

Pessoas adeptas do sexo casual também desejam intimidade

Img Mobile - Pessoas adeptas do sexo casual também desejam intimidade

Cada vez mais, cresce o número de adeptos do sexo casual, ou seja, indivíduos que preferem transar sem compromisso a manter relacionamentos tradicionais. Contudo, uma pesquisa demonstrou que exatamente essas pessoas que são adeptas do sexo casual são aquelas com maior probabilidade de desejarem afeição e intimidade.

O novo estudo, realizado por uma equipe interdisciplinar de pesquisadores, incluindo professores e pesquisadores da Binghamton University e da Universidade de Indiana, foi elaborado por Ann Merriwether e Justin Garcia. Os pesquisadores enviaram um questionário online para centenas de estudantes universitários e perguntaram sobre suas atividades afetivas e íntimas durante encontros sexuais. A ideia era entender o contexto dos relacionamentos românticos e dos encontros sexuais ocasionais.

Os pesquisadores descobriram que os participantes estavam mais propensos a se envolverem em atividades afetivas e íntimas do que simplesmente em sexo casual, mesmo que os encontros sexuais sem compromisso tenham se apresentado em um índice mais alto do que os estudiosos supunham.

Ann Merriwether, psicóloga do desenvolvimento e professora em Binghamton, disse que o sexo casual é mal interpretado na sociedade atual. "Temos um estereótipo de que sexo casual é apenas um sexo sem sentido, mas essa pesquisa mostra que isso não é necessariamente verdade", disse.

De acordo com a pesquisa, mesmo no sexo casual, as pessoas buscam certa intimidade e carinho. Justin Garcia, diretor de pesquisa do Kinsey Institute, e Ruth Halls, professora associada de estudos de gênero na Universidade de Indiana, disseram que vêm trabalhando no tópico de sexo casual há mais de dez anos, com foco na integração de conceitos de teorias evolutivas e de gênero em seres humanos.

Mais estudos estão sendo desenvolvidos como parte de colaborações entre pesquisadores do Instituto Kinsey e da Binghamton University. Os pesquisadores continuam a estudar a dinâmica do comportamento sexual casual e tentam entender como fatores interpessoais como intimidade, gênero e orientação sexual influenciam as motivações, as experiências e os resultados da atividade sexual em diferentes contextos de relacionamento.

No estudo, os pesquisadores supuseram que as mulheres relatariam maior probabilidade de se envolverem em atos íntimos em todos os cenários. As informações coletadas comprovaram essa teoria, mas os dados também indicaram que os homens também estão em busca de intimidade no sexo casual. O estudo concluiu que os jovens adultos preferem encontros sexuais ocasionais para satisfazer uma necessidade de intimidade.


Fonte: Binghamton


Veja também:

Além dos perigos tradicionais, o sexo casual pode causar depressão e ansiedade

+ Sobre essa Curiosidade: Sexo Relacionamento

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Origem e Funcionamento do Guindaste
  • Por que doces, fast-food e refrigerantes fazem mal para a saúde?
  • Como uma bateria armazena eletricidade?
  • Estudo indica que beijar reduz as respostas alérgicas
  • O que é Shorty Awards?
  • As melhores frases desmotivacionais
  • Austrália inicia caçada por extraterrestres com novo telescópio
  • Você sabia que todas as tartarugas vivem no mar

Você Sabia?

Em um tempo de vida médio é possível afirmar que a pele humana é renovada mil vezes.