Por que pessoas de cabelos ruivos e olhos azuis são raras?

Quantas pessoas ruivas e de olhos azuis você conhece? Pesquisas indicam que pessoas com essas características não são comuns no mundo. Estima-se que de 1% a 2% da população geral do planeta tenha esse fenótipo associado aos cabelos ruivos, pele clara, sardas e olhos claros.

Por que será que essas pessoas são raras? Segundo estudos, os cabelos ruivos resultam de altos níveis do pigmento vermelho feomelanina e níveis reduzidos do pigmento escuro eumelanina. As diferenças genéticas das pessoas com essas características são grandes.

De acordo com a American Chemical Society, os ruivos ficam com a cor vermelha dos cabelos e com a pele pálida devido a uma variante genética que faz com que suas células produzam feomelanina avermelhada, um tipo de melanina.

Essas variantes genéticas são recessivas, ou seja, para nascer uma pessoa ruiva, os pais precisam ter condições genéticas específicas, o que faz com que as pessoas ruivas sejam raras e únicas.

Na prática, a combinação de cabelos ruivos e olhos azuis é tão rara, que só acontece se ambos os pais forem portadores do gene. Como curiosidade, vale dizer que apenas 17% da população mundial têm olhos azuis. A maioria dos ruivos tem olhos castanhos ou verdes.

Outra característica curiosa sobre os ruivos é que eles são mais difíceis de sedar com uma anestesia do que pessoas morenas e loiras. Durante uma cirurgia, por exemplo, os ruivos precisam de mais anestesia.

Mulher de cabelo ruivo
Crédito da foto: Irina Gromovataya / Pixabay

Um estudo de 2004 mostrou que pacientes ruivos necessitavam de 20 a 30% mais anestésico do que outras pessoas para atingir o mesmo nível de sedação. Esse fato também teria relação com o fator genético dos ruivos. [Outro estudo de 2010]

Também é provável que os ruivos sejam mais sensíveis ao frio e ao calor. Pesquisadores da Universidade de Louisville, no Kentucky, descobriram que as pessoas ruivas sentem as variações climáticas de forma diferente por causa da ativação excessiva do gene de detecção de temperatura.

Algumas pesquisas científicas também demonstraram que os ruivos têm maior tendência a serem canhotos, já que essa também é uma característica recessiva, que atinge de 10 a 12% das pessoas.

Em uma visão global, entre todas as variedades possíveis de cores naturais para o cabelo, os tons escuros são os mais comuns. Mais de 90% das pessoas em todo o mundo têm cabelos castanhos ou pretos. Em seguida, vêm os cabelos loiros e, por fim, os ruivos.

É importante dizer que a cor do cabelo e dos olhos depende diretamente dos genes que uma pessoa herda de seus pais. As características dos genes se enquadram em duas categorias: recessiva e dominante.

Em geral, os genes dominantes prevalecem sobre os genes recessivos. Por isso, olhos e cabelos castanhos, influenciados por genes dominantes, compõem uma porcentagem maior de combinações entre a população mundial.

Mesmo com características genéticas tão raras, é improvável que as pessoas ruivas desapareçam da Terra com o passar dos anos. De acordo com os estudos científicos, as características recessivas sempre estarão escondidas nos cromossomos de uma pessoa e poderão ser transmitidas aos seus filhos. Por isso, é comum que o nascimento de pessoas com cabelos ruivos ou olhos azuis pule algumas gerações e apareça na linhagem familiar depois de muitos anos.


Fontes: Medicaldaily, Healthline


Crédito da foto da capa: Jerzy Górecki / Pixabay


Veja também:

O que é Gingerism?

Cientistas descobrem que memórias podem ser passadas de geração para geração pelo DNA

Por que pessoas de cabelos ruivos e olhos azuis são raras?

Curiosidades Relevantes

Leia Mais