Preto para Luto

Preto é a cor usado para momentos de luto, isso já é de conhecimento da maioria. A cor é claramente difundida também no cinema, se juntando ao branco.

Para quem também não sabe, já foi usado na antiguidade por mulheres viúvas e se tornou costume também para homens que venham a comparecer a um velório. Ficou ainda mais famoso após a Rainha britânica em 1861 usar um vestido preto durante o velório do marido e príncipe Albert. Mesmo com essa explicação e se você já tivesse conhecimento, será que todo mundo já sabia disso?

Como era praticada essa simbologia antigamente?



Isso começou a muito tempo, lá na Idade Média. A morte era vista como um castigo, algo muito obscuro, doloroso e temido por todos. Doenças que mataram milhões de pessoas no passado e as lamentáveis cenas de torturas, reforçavam as ideias da percepção de morte como algo muito doloroso.
Sabemos que a Idade Média ficou conhecida como um dos períodos mais sombrios da história da humanidade. A cor preta é um dos símbolos desses tempos, e muitos relatam que os romanos usavam togas pretas após a perca de um ente querido. Esse fato também já havia sido relatado no Egito Antigo, ganhando cada vez mais força na Europa, o centro do mundo.

Outra teoria sugere que a simbologia do preto era pelo fato das pessoas terem medo de fantasma. Os povos antigos acreditavam que os espíritos iam aos locais de recentes funerais com o intuito de invadir os corpos das pessoas vivas lá presentes.

Na tentativa de se esconder dos espíritos, pintavam seus corpos com a cor preta. Com o mesmo intuito, muito tempo depois, substituíram essa tradição de se pintar, usando roupas pretas.


Já foi exclusividade a pessoas ricas



Os comerciantes e empresários são os primeiros a serem considerados novos integrantes do grupo de pessoas ricas e com alto nível de capital acumulado. Esse hábito já era seguido pelos aristocratas, porém os mesmos tiveram que pagar altíssimas multas aos mais ricos por terem violado leis.
Porém quando se fala da popularização da cor preta como um significado de sofrimento perante a morte de alguém conhecido, a sua popularização nunca foi tão alta como no século 18. A Revolução Industrial como sabemos teve impactos positivos em vários aspectos econômicos.

Roupas pretas eram confeccionadas e vendidas por preços bem acessíveis no mercado. Assim novos comerciantes começaram a investir nesse negócio, pela sua praticidade e chance de se obter lucro. Até as classes mais baixas poderiam ter acesso as roupas usadas para momentos de luto.

Pessoas de luto, funeral


Todos os países têm a cultura do preto como cor de luto?



A resposta é não e isso é até um pouco obvio, afinal existem nações que não são tão religiosas e que tem características bem peculiares em relação a outras. Em países orientais como a China, Índia e Japão, a cor branca é usada para representar momentos de perda.

Já no Egito que citamos no parágrafo anterior, a cor amarela é usada em velórios. Acredita-se que cada vez mais tradições como essa venham a perder força. A cor preta não deve ser associada ao sofrimento, afinal esse é uma das piores sensações que podem cercar um ser humano. A morte é natural na vida de qualquer pessoa, devendo ser aceita.

No Brasil essa cultura ainda é forte, principalmente para pessoas que tenham alguma religião. Porém para outras, o uso de uma vestimenta adequada para um velório não é regra.

Preto para Luto

Curiosidades Relevantes

Leia Mais