CuriosidadeMundo BizarroQuais os experimentos mais bizarros da história?

Quais os experimentos mais bizarros da história?

Img Mobile - Quais os experimentos mais bizarros da história?

O trabalho do homem pelo desenvolvimento da ciência é notável, mas em alguns casos também pode ser considerado bizarro. Algumas experiências marcaram as pesquisas científicas por seu grau de estupidez e falta de sentido.

Vamos conhecer agora alguns experimentos bizarros da história:

1 – Em 1962, o elefante Tusko vivia no zoológico Lincoln Park, em Oklahoma. Nessa época, o então diretor da unidade, Warren Thomas, decidiu promover um experimento e injetou uma seringa cheia de LSD no animal. Thomas esperava contribuir para o avanço da ciência, mas acabou conseguindo apenas deixar o elefante furioso. O animal teve que ser contido e acabou morrendo uma hora depois do experimento. A conclusão dessa experiência rídicula foi: os elefantes são altamente sensíveis ao LSD. Esse experimento foi considerado o mais estúpido da história pela revista New Scientist.

2 – Na década de 60, dez soldados foram informados durante um treinamento de vôo que o avião não estava funcionando bem e que teria que fazer um pouso de emergência no oceano. Nesse momento, os soldados foram obrigados a preencher um formulário de seguro de vida. Na verdade, o avião não tinha problema nenhum e o objetivo dessa experiência era verificar como os homens iriam preencher a folha do seguro numa situação de perigo.

3 – Uma pesquisa realizada por Robert Cornish, da Universidade da Califórnia, na década de 1930, queria provar que era possível reviver os mortos. O experimento consistia num aparato que poderia fazer o sangue circular novamente com uma injeção de adrenalina e anticoagulantes. O teste do experimento foi feito em cães e quase foi feito num homem condenado à morte no Estado da Califórnia.

4 – Um experimento totalmente sem sentido foi feito por Martin Schein e Edgar Hale, da Universidade de Pensilvânia. Eles se dedicaram a estudar o comportamento sexual dos perus na década de 1960. A conclusão do estudo foi que os perus são muito exigentes ao escolher o parceiro sexual. Para provar isso, eles cortaram partes do corpo de um peru macho até que a fêmea perdesse completamente o interesse por ele.

5 – Em 1954, o cirurgião soviético Vladimir Demikhov decidiu criar um cão com duas cabeças. Ele uniu a cabeça de um cachorro pequeno ao pescoço de um pastor alemão. Os animais morreram por causa da rejeição de tecidos. Até hoje não se sabe qual era o objetivo desse experimento idiota e cruel.



+ Sobre essa Curiosidade: Experimento

O site dos curiosos.

Veja também

  • Top 10 idiomas que estão em extinção no mundo
  • Curiosidades sobre Porto Rico
  • Quanto imposto foi pago no Brasil em 2012?
  • Círculos Ingleses
  • O que engravida mais? Baile funk ou carnaval?
  • Perfluorocarbono: o líquido respirável, onde ninguém se afoga
  • Sinais indiscutíveis de que ele está traindo você
  • O Misterioso Passageiro de Taured - Seria ele um viajante do futuro?

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.