CuriosidadeMundo BizarroVocê gostaria de encontrar a árvore da morte?

Você gostaria de encontrar a árvore da morte?

Img Mobile - Você gostaria de encontrar a árvore da morte?

A árvore da morte, cujo nome científico é Hippomane mancinella, é nativa da Mesoamérica e das ilhas do Mar do Caribe. Esta árvore enigmática tem sido protagonista de inúmeras histórias. Algumas deles são bem conhecidas, como a do espanhol Juan Ponce de León, primeiro governador de Porto Rico, que morreu depois de ser atingido pela flecha envenenada com a seiva desta árvore misteriosa.

Outros relatos apontam que alguns povos indígenas usaram a árvore como uma punição para amarrar suas vítimas. Mas, sem dúvida, era a seiva dessa árvore que era utilizada para envenenar as pontas das flechas. Assim, os nativos conseguiram ser mais eficazes na batalha.

Fruto 1

Embora tenha sido um pouco complicado investigar a veracidade dessas histórias, em muitos lugares são colocadas uma placa ou algum sinal de alerta para prevenir qualquer risco que essa árvore possa causar.

Esta árvore geralmente cresce nas margens das praias paradisíacas. Seus grandes ramos são ideais para se proteger do sol, suas raízes são enterradas na areia e seus frutos são muito semelhantes às maçãs. Apesar de sua aparência inofensiva, esta árvore é reconhecida pelo Guinness Record como a mais perigosa do mundo.
A árvore da morte também é conhecida como camomila da morte, camomila quadrada ou camomila de areia. Com apenas um toque, sua pele pode ficar fortemente irritada. A razão? A seiva láctea desta árvore contém um poderoso componente irritante chamado phorbol. A seiva desta árvore é tão poderosa que, pode gerar uma forte erupção cutânea, já que até mesmo a seiva diluída é extremamente tóxica.

Embora o contato com este tipo de árvore possa ser prejudicial para a saúde, ele também não chega ao ponto de ser fatal. O que é realmente perigoso é comer seus frutos, pois pode resultar em vômitos e diarreia tão graves que podem levar à desidratação que colocaria em perigo a vida, se não receber atendimento médico.

Arvore da Morte, Hippomane mancinella

Nesse sentido, encontramos a história de John Esquemeling, autor de alguns dos livros mais importantes sobre a pirataria do século XVII:

"UM DIA, QUANDO FIQUEI EXTREMAMENTE ATORMENTADO POR MOSQUITOS E GNATS, E AINDA IGNORANTE SOBRE A NATUREZA DESTA ÁRVORE, CORTEI UM RAMO PARA ME SERVIR, MAS MEU ROSTO SE ENCHEU DE BOLHAS, COMO SE EU TERIA ME QUEIMADO, A TAL PONTO QUE FIQUEI CEGO POR TRÊS DIAS”

A radiografia britânica Nicola Strickland também compartilhou sua experiência quando, em 1999, ela passou férias com um amigo na paradisíaca ilha de Trinidad e Tobago.

Fruto da arvore da morte

"EU MORDI A FRUTA E PROVEI AGRADAVELMENTE DOCE. MEU AMIGO TAMBÉM FEZ ISSO. MAIS TARDE, PERCEBEMOS UM SABOR PICANTE EXTRAVAGANTE NA NOSSA BOCA, QUE GRADUALMENTE AVANÇOU PARA UMA SENSAÇÃO DE QUEIMAÇÃO, RASGAMENTO E UM APERTO NA GARGANTA (...) OS SINTOMAS PIORARAM DURANTE AS PRÓXIMAS DUAS HORAS ATÉ QUE MAL PUDEMOS ENGOLIR COMIDA SÓLIDA PORQUE A DOR ERA INSUPORTÁVEL E A SENSAÇÃO DE UM GRANDE NÓ QUE NOS OBSTRUÍA A GARGANTA”.

Felizmente, os sintomas começaram a desaparecer em 8 horas, depois que ambos beberam leite. No entanto, é importante estar ciente e ter cuidado, especialmente quando se trata de comer frutas desconhecidas, uma vez que as consequências podem ser fatais.



+ Sobre essa Curiosidade: Fruta Árvore Veneno

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Peixes Morrem de Barriga para Cima
  • Decreto 85A, a primeira lei de censura no Brasil
  • Professias de Nostradamus (Em Vídeo)
  • Fragmentos do mais antigo Alcorão do mundo foram encontrados
  • 20 coisas que a internet está destruindo
  • O calor faz mal para o cérebro?
  • Monofobia: O medo de estar sozinho
  • A Lenda do Drácula

Você Sabia?

Ficar acordado por 2 semanas pode levar à morte.