CuriosidadeHistóricasA Curiosa Origem do Dia das Mães

A Curiosa Origem do Dia das Mães

Img Mobile - A Curiosa Origem do Dia das Mães

Uma das datas mais especiais do nosso calendário é o Dia das Mães, cuja comemoração é feita sempre no 2° domingo de maio. A história do Dia das Mães é interessante, pois a data foi decretada por Getúlio Vargas, logo depois da revolução, em 1932.

Próximos dias das mães: 12 de maio de 2019, 10 de maio de 2020, 9 de maio de 2021, 8 de maio de 2022...

No Dia das Mães, a maioria das famílias se reúne. É considerado uma das datas mais significativas e emotivas de nosso calendário. Em todos os anos, os filhos saem em busca dos mais variados presentes para homenagear aquelas que zelam por nossa vida e estão sempre perto de nós.


História do Dia das Mães



A história do Dia das Mães começou bem antes do decreto do presidente brasileiro. Na Grécia Antiga, a população já comemorava as mamães quando homenageavam Reia, tida como a mãe comum de todos os seres, com presentes e cultos diversos. Os politeístas povos romanos realizavam celebrações, com duração de três dias, em homenagem a mãe dos deuses, Cibele..

Os mais antigos povos da Idade Média já celebravam o Dia das Mães de formas variadas, cada um com suas crenças e costumes, relembrando suas figuras maternas e progenitoras.

Na tradição grega da História do Dia das Mães, havia oferendas nas homenagens. Portanto, o ato de presentear também é histórico e tradicional.

A celebração do Dia das Mães também fazia parte da tradição romana. As comemorações eram bem maiores em Roma:

  • . O Dia das Mães era comemorado de 15 de março a 18 de março;
  • . A festa durava 3 dias!


Para os romanos, a deusa Cibele representava as mamães.

Os povos do cristianismo sempre se retrataram à Eva e Nossa Senhora, Maria, tidas como Mães e modelos maternos.

Mamãe e suas duas filhas

No século 17, na Inglaterra, a História do Dia das Mães foi marcada pelas homenagens no “Domingo das Mães”, nas missas onde aconteciam o encontro entre mães e filhos e muitos presentes eram entregues para as mamães.

Uma espécie de feriado já funcionava na época, na Inglaterra. Os filhos que tinham um trabalho muito distante eram dispensados pelos patrões e autorizados a viajar para encontrarem as mães.


Anna Jarvis e o Dia das Mães



Anna Jarvis também foi um nome importante na História do Dia das Mães, principalmente nos EUA. Em 1904, ela batalhou para criar uma data para homenagear as mães, em especial a sua, uma mulher que teria sido ativa na Guerra Civil.

Entenda a história



Somente no século XX que o Dia das Mães ganhou uma data específica e comemorações em torno de todas as mães. No ano de 1850 em Grafton, no estado da Virgínia Ocidental nos Estados Unidos, uma mulher chamada Ann Reeves Jarvis criou clubes de trabalho que funcionavam em dias específicos, denominados “Dias das Mães”, durante a Guerra Civil Americana. Estes clubes visavam às melhorias das condições sanitárias e as reduções da mortalidade infantil frente aos impasses vividos na época como também ajudavam nos cuidados com os soldados feridos na guerra. Após isto, a cada ano a data era celebrada com encontros comemorativos, convidando cada vez mais mulheres a se juntarem a causa e lutarem por um mundo melhor.

Após o falecimento de Ann Reevs Jarvis em maio do ano de 1905, a causa teve continuidade por meio de sua filha, Anna Jarvis. Em função de homenagear sua mãe e dar prosseguimento aos seus principais ideais, Anna resolveu estabelecer uma data oficial para as mães. Como nunca teve filhos, Anna viu esta oportunidade como uma comemoração especial. O Dia das Mães teria a proposta de incentivar os filhos a passarem mais tempo com suas mães, agradecendo todo o esforço realizado aos cuidados e carinhos por elas oferecidos e ensinar as crianças o reconhecimento pelo amor e carinho materno.

No dia 10 de maio de 1908, Anna e mais um grupo de mulheres celebraram um culto em homenagem às mães na Igreja Metodista de Grafton. Este culto ganhou grande repercussão de líderes da região e chegou ao conhecimento de Willian E. Glassrock, o então Governador do estado de Virgínia Ocidental, oficializando a data de 26 de abril de 1910 em comemoração a todas as mães. O evento se alastrou por todo o país dos Estados Unidos, ganhando também comemorações exclusivas por outros governantes. O então presidente dos EUA, Woodrow Wilson, resolveu definir o segundo domingo de maio de todos os anos voltados para a comemoração do Dia das Mães e declarou uma lei nacional sobre a data. Após isso, muitos países também resolveram aderir à festividade e incluíram a comemoração em seus calendários.

Porém, assim que a data foi anunciada e passou a ser celebrada, os comerciantes viram neste momento uma oportunidade de aumentarem sua renda. O caráter comercial ganhou um avanço progressivo, fazendo os lojistas investirem em presentes, como flores, cartões e chocolates, para agradarem os consumidores e conquista-los. Todo este capitalismo gerado em torno do Dia das Mães desagradou imensamente a Anna e suas companheiras de movimento, tanto que as mesmas criaram protestos e campanhas contra estas práticas. Em 1923, elas invadiram uma confecção na Filadélfia e vários outros protestos até 1940. Anna lutou por seus ideais até 1948, quando faleceu internada em um sanatório.

O Congresso dos EUA aceitou a comemoração e oficializou o Dia das Mães em 1914. O presidente americano Woodrow Wilson assinou a lei que incluiu a data no calendário e muitos países ao redor do mundo copiaram o modelo dos EUA.

Em pouco tempo, o Dia das Mães ganhou muitos lugares do planeta. Por impulso dos americanos, não demorou muito para ganhar um grande apelo comercial.

Anna Jarvis ainda tentou mudar este conceito americano, fazendo uma grande campanha de conscientização do público em 1923.


Dia das Mães


Dia das Mães no Brasil



No Brasil, o Dia das Mães é o segundo mais importante para o comércio, perdendo apenas para o Natal.

A comemoração da data no Brasil se iniciou em 12 de maio de 1918, na Associação Cristã de Moços de Porto Alegre, se alastrando para todo o país logo em seguida. Durante o governo de Getúlio Vargas, em 1932, a data foi instituída oficialmente no país e passou a ser celebrada no segundo domingo do mês de maio todo ano.



+ Sobre essa Curiosidade: Dia das Mães Bebês Gravidez Mamãe

O site dos curiosos.

Veja também

  • Quais as celebridades mais simpáticas e antipáticas do Brasil?
  • Qual é o perfil do investidor Brasileiro?
  • Qual o índice de saneamento básico do Brasil?
  • Pessoas obesas são mais tristes que as magras?
  • Top 10 alimentos que provocam gases
  • Onde é celebrado o dia dos namorados no mundo?
  • Você tem depressão?
  • Mitos e verdades sobre anticoncepcionais

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.