Como apagar um incêndio em um poço de petróleo?

Como apagar um incêndio em um poço de petróleo?
Por Juliana Miranda

Ao longo dos anos, vários acidentes em poços de petróleo deixaram o mundo em alerta. Todos os acidentes foram controlados graças à tecnologia e à ação estratégica do homem.

Existem vários metódos para apagar as chamas de um poço de petróleo. A estratégia mais utilizada é uma explosão no poço em chamas.

O ato de provocar uma explosão no poço de petróleo interrompe momentaneamente os gases e o líquido que estavam em contato com o oxigênio. Isso é importante porque o oxigênio é considerado um comburente, ou seja, uma substância que mantém o fogo intenso. Dessa forma, quando a explosão fecha a passagem de ar, o oxigênio é consumido e o fogo se apaga.

Para impedir que o fogo se alastre novamente, é preciso retirar todo o combustível do poço. É possível dizer que, para que um incêndio aconteça, precisamos de três ingredientes: Combustível, Temperatura e Comburente (Oxigênio). Quando retiramos qualquer um desses elementos, o fogo se apaga.

Nos poços de Petroléo, é necessário impedir qualquer nova entrada de ar. Assim, depois das explosões, é preciso usar uma espuma de resfriamento, que se solidifica em contato com o ar.

A explosão utilizada para apagar o fogo em poços de petróleo é extremamente controlada por um grupo de técnicos, garantindo a total segurança do procedimento.

Outra técnica bastante utilizada para combater o fogo nos poços de petróleo é cavar uma lagoa em volta do poço e enchê-la com água. Esse procedimento isola a base do fogo com uma espécie de cone colocado no cano do poço de petróleo. Isso evita que as chamas lançadas voltem a ter contato com a base do poço, realimentando o incêndio.