Confira as medidas que os super-ricos estão adotando contra o Coronavírus

Em meio à pandemia de Coronavírus, pessoas de todas as nações do mundo foram orientadas a adotar medidas sanitárias, de higiene e prevenção ao contágio pela Covid-19. A maioria das pessoas procurou comprar álcool em gel, máscaras, desinfetantes, papel higiênico, mantimentos e outros insumos básicos.

Contudo, existe um grupo de super-ricos que apostou em medidas mais extremas para afastar o vírus. Alguns, inclusive, construíram verdadeiros bunkers para se abrigarem, como se estivessem tentando se proteger contra o juízo final.

De acordo com Robert Vicino, fundador do Vivos Group - uma empresa da Califórnia que constrói abrigos subterrâneos, sua companhia registrou um aumento nas vendas de bunkers desde que a crise explodiu.

Em Indiana, a empresa transformou um bunker da Guerra Fria em um refúgio fortificado para 80 pessoas - e está oferecendo espaço em centenas de bunkers em um depósito abandonado da Segunda Guerra Mundial, em Dakota do Sul.

Outra corporação, a Quintessentially, disse que um de seus membros havia realmente convertido sua casa em um "bunker de estilo militar" e estava pedindo a seus visitantes que mostrassem registros de seus movimentos e contatos antes de liberar o acesso.

No Kansas, o Survival Condo também está oferecendo acomodações completas dentro de um silo de mísseis que foi construído para resistir a ataques nucleares. O proprietário do Survival Condo, Larry Hall, comprou o silo em 2008 e o converteu em uma residência de última geração, que oferece "janelas virtuais", academia, piscina, cinemas, campo de tiro e um suprimento de comida e água que pode durar por cinco anos.

Bunker - Survival Condo
Planta de um Bunker - Crédito da imagem: Survival Condo

Segundo Larry Hall, seu abrigo foi pensado para proteger os moradores de uma ampla gama de ameaças, desde pandemias virais ou bacterianas até produtos químicos, cinzas vulcânicas, meteoros, explosões solares e guerras. Um pacote em uma suíte do Survival Condo custa a partir de US$ 3 milhões.

Um pacote deste tipo inclui um treinamento obrigatório, um suprimento de comida por três anos por pessoa, um quarto totalmente mobiliado e com design personalizado, equipamento especial e muito mais. Um cliente saudita chegou a adicionar uma mesquita subterrânea e um hangar de helicóptero ao seu pacote.

As vendas do condomínio foram muito rápidas, principalmente agora, durante o surto de coronavírus. Há ainda um número recorde de agendamentos para realizar visitas ao local.

Outro lugar de extrema segurança que teve aumento de vendas de unidades foi o Atlas Survival Shelters. Neste local, a unidade mais barata sai por US$ 35.999.

Veja como é feita a instalação desse abrigo:


Além dos bunkers, os ultra ricos também têm levado seus médicos ou enfermeiros pessoais para viagens e vêm exigindo testes privados de coronavírus.


Dinheiro que compra segurança e prevenção



Os milionários e bilionários do mundo estão apostando no auto isolamento para evitar o coronavírus. Essas pessoas também estão fretando jatos particulares para deixar suas casas e se refugiar em bunkers de alta segurança.

Os ricos também estão aumentando as demandas por testes particulares de coronavírus, voos particulares fretados e por atendimento em clínicas particulares. Muitos desses clientes estão, inclusive, solicitando vacinas contra a Covid-19, embora os cientistas tenham divulgado que levaria pelo menos um ano até que a vacina fosse desenvolvida.

Outra medida que vem sendo adotada pelos super-ricos do mundo é a infusão intravenosa de vitaminas e minerais, para fortalecer o sistema imunológico. Essas infusões contam com uma carga de vitamina C, complexo de vitamina B12, glutationa, zinco e aminoácidos essenciais, como arginina, taurina, lisina e citrulina. Esse tratamento custa 350 euros.


Fontes: Nypost, The Guardian


Veja também:

Milionários criam abrigos luxuosos para o fim do mundo

Confira as medidas que os super-ricos estão adotando contra o Coronavírus

Curiosidades Relevantes

Leia Mais