CuriosidadeCiênciasEstudo indica que telefonema materno ajuda a reduzir o estresse

Estudo indica que telefonema materno ajuda a reduzir o estresse

Img Mobile - Estudo indica que telefonema materno ajuda a reduzir o estresse

Uma nova pesquisa indicou que um abraço materno ou mesmo uma simples ligação vinda de nossas mães pode ajudar a aliviar a carga de estresse. O estudo mostrou que apenas ouvir a voz materna já pode iniciar respostas bioquímicas que aliviam o estresse e a ansiedade.

O hormônio ocitocina promove o vínculo entre mãe e filho e tem sido associado ao contato físico íntimo, muitas vezes através da interação pele com pele do início da primeira infância, durante a amamentação. De acordo com Leslie Seltzer, pós-doutoranda no Laboratório de Emoção Infantil da Universidade de Wisconsin-Madison, a voz de uma mãe pode ter o mesmo efeito de um abraço.

Para o experimento, Seltzer e seus colegas tiveram 61 meninas de sete a 12 anos que realizaram tarefas de matemática e falaram em público diante de uma plateia de estranhos, duas situações que causam estresse em crianças. Depois disso, 19 meninas foram devolvidas para suas mães, que deram conforto a elas por cerca de 15 minutos, com abraços e contato físico.

Alternativamente, 20 das garotas receberam uma ligação de 15 minutos de suas mães em um telefone fornecido pelos pesquisadores. As 22 garotas restantes assistiram a um filme emocionalmente neutro por 75 minutos.

Para testar os níveis do hormônio do estresse cortisol, amostras de cuspe foram coletadas sete vezes ao longo do experimento, e os níveis de ocitocina foram monitorados por meio de amostras de urina.

A partir desse estudo, os pesquisadores descobriram que "as crianças que interagiam com suas mães tinham praticamente a mesma resposta hormonal interagindo pessoalmente ou por telefone”. Ou seja, o resultado indicou que ouvir a voz de nossa mãe tem o mesmo efeito que receber dela um abraço. Os resultados da pesquisa foram publicados na revista Proceedings of the Royal Society.

Mãe e filha conversando

O estudo também mostrou que as meninas que não tiveram contato com suas mães, nem pessoalmente, nem por telefone, tiveram um nível mais elevado de cortisol após o esforço estressante. Já o hormônio ocitocina, que é o hormônio de ligação entre mães e filhos, se manteve ainda mais alto nas meninas que conversaram com suas mães e tiveram contato físico com elas após o final do teste.

O que a pesquisa quis reforçar é que o contato materno é extremamente importante e que o vínculo entre mães e filhos serve como um relevante fator emocional e fisiológico para os seres humanos. Ou seja, sua mãe é o melhor calmante que você pode ter em momentos de estresse e ansiedade!


Fontes: Dailymail, Scientific American


Veja também:

13 maneiras práticas de se sentir mais feliz hoje

Curiosidades sobre a maternidade



+ Sobre essa Curiosidade: Estresse Filhos

O site dos curiosos.

Veja também

  • Qual a melhor forma de investir meu dinheiro?
  • Saiba mais sobre a campainha elétrica
  • Curiosidades sobre a série Suits
  • Homens poluem mais que mulheres
  • Quais as dúvidas mais bizarras do mundo?
  • Por que é obrigatório andar de cinto de segurança nos carros e nos ônibus e vans públicas não?
  • 5 coisas que os homens precisam saber sobre as mulheres modernas
  • O local mais frio do mundo

Você Sabia?

Os elefantes são os únicos animais do planeta que não conseguem pular.