Mundo Bizarro

Por que as abóboras são o símbolo favorito do Dia das Bruxas?

O Halloween sempre esteve conectado com o mundo do terror. No dia 31 de outubro, criaturas horripilantes e fantasias macabras tomam conta de ruas ou festas. Outros adereços são utilizados na ocasião como velas, teias de aranha, morcegos, fantasmas, bruxas, caixões … No entanto, há um símbolo favorito para a noite do Dia das Bruxas: A abóbora.

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a origem deste emblema mítico está em terras irlandesas. Mais concretamente, em uma lenda popular idealizada por um homem de reputação duvidosa chamado Jack O’Lantern. De acordo com a história, ele teve uma reunião com o diabo na noite de 31 de outubro. Depois de fugir dele por um longo tempo, O’Lantern conseguiu pegá-lo com a ajuda de crucifixos. Depois de dez anos, essa entidade doente fez um pacto com seu carcereiro: ele nunca levaria sua alma se, em troca, ele o deixasse sair daquela horrível prisão. Dito e feito. O demônio conseguiu escapar e deixou Jack O’Lantern satisfeito.

Lanterna de Abobora

No entanto, os problemas surgem quando o protagonista morre. Ele não podia ir ao céu, pois seus muitos pecados bloqueavam os portões do paraíso. Enquanto o Inferno também foi descartado após a promessa do diabo a ele antes de sua libertação. Jack foi condenado a vagar sem vida por toda a eternidade.

Aboboras de Halloween

Leia também:
5 Filmes Clássicos de Halloween que Irão Deixar Você Tremendo de Medo

Para tornar sua existência desolada mais suportável, o demônio deu-lhe um charco iluminado para que ele pudesse vagar na escuridão. Jack colocou o carvão dentro de um nabo, mas ao longo do tempo, ele modificou este vegetal para as abóboras. Um produto maior e fácil de usar como uma lâmpada. Após anos e anos de tradição, a abóbora permaneceu o símbolo mais significativo do Halloween, preservando até a sua função original.

Curiosidade Bônus:
Abobora em formato de Frankie stein
Por que as abóboras são o símbolo favorito do Dia das Bruxas?

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *