CuriosidadeCiênciasMenino de 12 anos criou experimento de fusão atômica

Menino de 12 anos criou experimento de fusão atômica

Img Mobile - Menino de 12 anos criou experimento de fusão atômica

Um menino de apenas 12 anos de idade, chamado Jackson Oswalt, morador de Memphis, nos Estados Unidos, foi considerado a pessoa mais jovem a construir um reator nuclear. O menino criou o experimento de fusão atômica dentro do quarto de hóspedes da casa de seus pais. Ele adquiriu US$ 10 mil em peças do eBay para o projeto.

Jackson Oswalt construiu a máquina a partir de aspiradores personalizados, bombas e câmaras compradas no eBay por seus pais. A família custeou o projeto. O experimento aquece o deutério usando 50.000 volts de eletricidade.

Reator nuclear do menino de 12 anos, Jackson Oswalt
Jackson Oswalt e seu reator nuclear


Outros casos de meninos gênios da física



Outro caso semelhante também aconteceu, quando Jamie Edwards construiu seu próprio reator aos 13 anos de idade. O fato ocorreu em 2014 e teve um financiamento de £ 3.000.

Em 2008, Taylor Wilson, um menino de 14 anos de idade, também encontrou fama quando construiu seu próprio reator nuclear. A máquina era capaz de manipular átomos em um núcleo de plasma a mais de 500 milhões de graus Fahrenheit, 40 vezes mais quente que o núcleo do sol. Este experimento foi feito na garagem de seus pais e o jovem ganhou um prêmio de US$ 50.000 em uma feira de ciências por criar um dispositivo antiterrorismo.

Antes do sucesso desses meninos gênios, David Hahn, conhecido como o 'Escoteiro Radioativo', construiu um reator nuclear em seu galpão, em 1996. Este caso exigiu até mesmo a interferência da Agência de Proteção Ambiental, que desmantelou o galpão, recolheu os materiais de David e os enterrou no deserto.

Levando em consideração todos estes casos, Jackson Oswalt foi a pessoa mais nova a trabalhar com um reator nuclear. Ele fez descobertas a partir de fóruns online de físicos amadores. Com isso, o menino conseguiu criar com sucesso um reator de fusão nuclear funcional. A engenhoca esmaga átomos com uma força suficiente para fundi-los em um processo que libera energia.

A fusão nuclear de Jackson foi bem-sucedida. O gás deutério, um isótopo de hidrogênio, foi aquecido em um núcleo de plasma com 50.000 volts de eletricidade, dentro de uma câmara de vácuo para forçar os átomos. O procedimento criou grandes quantidades de energia.

O recorde anterior para o mais jovem mentor de sucesso por trás de um reator de fusão nuclear era de Taylor Wilson, que desenvolveu seu projeto aos 14 anos.


O que é fusão nuclear?



A fusão nuclear é o processo pelo qual um gás é aquecido e separado em seus íons e elétrons. Para que a fusão ocorra, os átomos de hidrogênio são colocados sob altas temperaturas e pressão até se fundirem. Quando os núcleos de deutério e trítio se fundem, eles formam um núcleo de hélio, um nêutron e uma enorme carga de energia.


Fonte: Fox News


Veja também:

Cientistas criaram campo magnético que nos aproxima da fusão nuclear



+ Sobre essa Curiosidade: Bomba Atômica Radiação

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Instagram: 5 curiosidades sobre a rede social da moda
  • Como se forma a nata do leite?
  • As 20 mulheres jovens mais poderosas do mundo em 2011
  • Trovantes, as estranhas pedras que crescem, respiram e se movem
  • Quais partes do corpo humano a ciência já consegue substituir?
  • Cornos históricos
  • Mineradora encontra o maior diamante do mundo no Canadá
  • Como é feita a reciclagem de pneus no Brasil?

Você Sabia?

Em um tempo de vida médio é possível afirmar que a pele humana é renovada mil vezes.