CuriosidadeMundo BizarroRoyal Mail entregou um cartão postal com 112 anos de atraso

Royal Mail entregou um cartão postal com 112 anos de atraso

Img Mobile - Royal Mail entregou um cartão postal com 112 anos de atraso

Uma mulher ficou atordoada na Inglaterra depois de receber um cartão postal entregue pelo Royal Mail, uma das companhias de entregas de correspondências mais confiáveis do Reino Unido. A mensagem chegou à sua residência com 112 anos de atraso. Ou seja, o Royal Mail entregou um cartão que datava de 1907.

Michaela Webber, de 24 anos, estava passando com o marido Ben quando notou uma entrega incomum: um cartão postal entregue pelo Royal Mail. Para seu espanto, a mensagem tinha como destinatário a antiga proprietária de sua casa, que fica na região de Riga Terrace, em Plymouth. O cartão fazia referência a uma mensagem enviada na véspera do Natal de 1907.

112 anos depois, o cartão postal finalmente chegou ao endereço, mas, obviamente, não encontrou seu destinatário. A mensagem vinha de um homem chamado Albert informando que ele não voltaria para a casa no Natal porque estava doente.

Frente do cartado, 1907
Parte de trás do cartado, 1907
Crédito das imagens: Penny Cross

O fato de o cartão postal ter chegado tanto tempo depois foi incrível e surpreendeu a todos. A nova moradora da casa chegou a brincar: “oh meu deus, há um fantasma na casa!”.

Michaela fez uma pesquisa sobre o cartão e descobriu rapidamente que ele foi destinado à senhorita Wiltshire, que morava em sua casa em 1901. A antiga proprietária morreu no ano de 1990, em Southampton.

Michaela mora na casa desde 2014 e admite que não sabe o que fazer com a entrega incomum. A nota no cartão postal dizia o seguinte: “Não fique desapontada se eu não descer amanhã, terça-feira. Estou me sentindo horrível. Espero que tudo esteja bem em casa. Assinado: Albert”.

A frente do cartão postal mostra uma foto do antigo Crownhill Barracks, uma instalação que abrigava um antigo regimento militar. A área foi construída para acomodar regimentos em trânsito para operações no exterior em 1891 e expandida para ser usada ​​na Primeira Guerra Mundial.

Posteriormente, o local foi usado na Segunda Guerra Mundial, antes de ser demolido na década de 1960. Hoje, a área é ocupada por escritórios, em um complexo conhecido como "Plumer House".

Michaela agora espera encontrar a família da senhorita Wiltshire para passar o cartão postal para eles.


Fonte: Plymouthherald.


Veja também:

Quando terminou a Segunda Guerra Mundial?



+ Sobre essa Curiosidade: Correios Inglaterra Notícias Bizarras Guerra